segunda-feira, 24 de novembro de 2008

O Perfume



Autor: Patrick Suskind
Ano: 1985

Editora: Presença
Número de páginas: 273

Lido entre 30/04/2008 e 23/05/2008 (24 dias)

Classificação: 2/5


Opinião:

A leitura deste livro foi-me recomendada por mais do que uma pessoa. Aliás, garantiram-me que eu iria gostar, tal como as pessoas adoraram. E, afinal, não achei nada de especial e demorei imenso tempo para o acabar. Aliás, já tinha dito isso aqui.


Sinopse:
"Esta estranha história passa-se no século XVIII e é fruto de um extraordinário trabalho de reconstituição histórica que consegue captar plenamente os ambientes da época tal como as mentalidades.


O protagonista é um artesão especializado no ofício de perfumista, e essa arte constitui para ele – nascido no meio dos nauseabundos odores de um mercado de rua – uma alquímica busca do Absoluto.

O perfume supremo será para ele uma forma de alcançar o Belo e, nessa demanda nada o detém, nem mesmo os crimes mais hediondos, que fazem dele um ser monstruoso aos nossos olhos.

Jean-Baptiste Grenouille possui no entanto uma incorrupta pureza que exerce um forte fascínio sobre o leitor."

Sem comentários:

Enviar um comentário