domingo, 9 de novembro de 2008

A menina que nunca chorava


Autor: Torey Hayden
Ano: 2007

Editora: Editorial Presença
Número de páginas: 272

Lido entre 02/01/2008 a 04/01/2008 (3 dias)
Classificação: 5/5



Opinião e sinopse:
Este livro foi-me oferecido pelas minhas irmãs, no meu aniversário do ano passado. É a continuação do livro "A menina que não queria falar". Adorei o livro! Foi, aliás, dos melhores livros que li. É completamente viciante e só não li tudo no mesmo dia porque não calhou.

"(...) traça a história verídica de uma criança vítima de abusos que deixou de comunicar com o mundo. Neste segundo volume, encontramos Sheila já com treze anos e a professora que a ajudou na altura a lidar com o seu bloqueio. Inicialmente a adolescente mal se recorda da professora mas lentamente as memórias vêm à superfície reavivando sentimentos hostis como o abandono, insegurança e experiências traumáticas. Apesar de ser um relato com contornos negros, traz-nos surpreendentemente uma versão vencedora de coragem e perseverança. Inicialmente a autora não quis escrever a sequela, mas
contrariamente às expectativas e num tributo a Sheila publicou a continuação de uma história de vida comovente."

O que mais me marcou neste livro foi perceber que aqueles meses em que Sheila esteve na turma de Torey não alteraram assim tanto a sua vida, e que esta continuou mais ou menos como dantes. :/

1 comentário:

  1. Já ouvi dizer que estes livros são bastante interessantes.

    ResponderEliminar