quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Astérix e Latraviata





Autor: Goscinny e Uderzo
Ano: 2001
Ed
itora: Meribérica/Liber Editores, Lda
Número de páginas: 48

Classificação: 4/5
Lido entre 06/06/2011 e 07/06/2011 (2 dias)


Sinopse:
"Latraviata, a famosa actriz trágica vinda do teatro de Roma, prepara-se para representar o papel da sua vida. Disfarçada de Falbala, vai à Aldeia de Astérix para recuperar as armas de Pompeu. Ficamos assim a conhecer os pais de Astérix e Obélix e as guerras internas entre Júlio César e o seu rival Pompeu..."

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Uma aventura de Astérix o Gaulês - Astérix e Cleópatra





Autor: Goscinny e Uderzo
Ano: 1965
Editora: Meribérica/Liber Editores, Lda

Número de páginas: 48

Classificação: 4/5
Lido entre 03/06/2011 e 04/06/2011 (2 dias)



Sinopse:
"Nesta aventura, Astérix, Obélix, Panoramix e Ideiafix levam-nos até ao Egipto. Este álbum transporta para BD o espírito das grandes produções cinematog
ráficas como “Ben-Hur”, “Os 10 Mandamentos” e “A Bíblia”. Vamos conhecer a civilização egípcia e a arquitectura local, mas ficaremos também a saber porque é que a esfinge não tem nariz e que foi Panoramix quem tornou célebre o de Cleópatra."

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Uma aventura de Astérix o Gaulês - O adivinho



Autor: Goscinny / Uderzo
Ano: 1972

Editora: Meribérica/Liber
Número de páginas: 48

Classificação: 4/5

Lido entre 01/06/2011 e 02/06/2011 (2 dias)


Opinião:
Gosto bastante de livros do Astérix. Estão cheios de piadas, algumas delas bastante subtis. :)


Sinopse:
"Numa noite de tempestade, quando todos os gauleses da aldeia estão reunidos em casa de Matasétix, aparece um estranho personagem vestido com uma pele de lobo que lhes pede guarida. É um adivinho. Apesar dos avisos de Astérix em relação ao charlatão, todos os habitantes começam a consultá-lo. A situação agrava-se quando o adivinho é capturado pelos Romanos e estes o incumbem de prever o fim da aldeia. Nem toda a inteligência de Astérix e Panoramix será demasiada para contrariar os planos dos Romanos e do adivinho."

domingo, 28 de agosto de 2011

Miguel Strogoff



Autor: Júlio Verne
Ano: 1978

Editora: Verbo
Número de páginas

Classificação: 2/5
Lido entre 21/08/2011 e 22/08/2011 (2 dias)


Opinião:
Não gostei muito deste livro. Logo quando mo emprestaram, disse logo que era livro de rapazes. Nunca na vida eu escolheria esse livro para ler. É bastante violento e com lutas e coisas sem interesse nenhum. O autor fazia muita referência a datas (estava sempre a indicar em que dia iam as personagens da história), horas (indicava que tinham chegado às tantas horas) e distâncias (que ainda faltavam não sei que distância para chegarem). Para quem estivesse mesmo dentro da história, aquelas referências seriam espectaculares para interiorizarem melhor a acção, mas eu achei exagerado. 


Sinopse:
"Ambientado no longínquo império russo, narra as aventuras do intrépido herói, que necessita percorrer 5.500 km de obstáculos quase insuperáveis, entre os exércitos de traidores do czar, para entregar ao Grão-Duque, na cidade de Irkutsk, na Sibéria, uma mensagem secreta que o soberano lhe confiara. 
Suportando todo o tipo de dificuldades e de obstáculos, submetido a humilhações e tortura durante esse longo percurso pelo exótico interior do continente asiático, o herói surge como um modelo de perfeição e virtude, forte e corajoso, a quem nada consegue deter no cumprimento de sua missão."

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Jesus teenager



Autor: John Farman
Ano: 1997

Editora: Campo das letras
Número de páginas: 176

Classificação: 2/5

Lido entre 17/08/2011 e 19/08/2011 (3 dias)


Opinião:
Este livro pretende relatar de forma cómica os anos da adolescência de Jesus, já que não há na Bíblia qualquer indicação em relação a isso. É importante que quem leia este livro conheça mais ou menos bem a vida de Jesus, de modo a conseguir perceber o que é verdade e o que é inventado. Nem quero imaginar uma pessoa ler aquilo e acreditar em tudo o que lê... 


Sinopse:
"Um período inteiro da vida de Jesus permanece envolto em mistério. Mas agora, Jonh Farman, o famoso autor de livros infanto-juvenis, vai tentar contar-nos como terá sido. Jesus "Teenager", aborda os anos de crescimento do Filho de Deus; anos durante os quais ele provavelmente andou a praticar boas acções, a aprender as coisas da vida, a enfrentar cortes de cabelo, acne juvenil, as miúdas e as Escrituras, enquanto se preparava para a missão mais importante e valiosa de todas. 
Este livro é seriamente cómico. A versão de Jonh Farman, das aventuras juvenis do nosso herói vai espantar-te e divertir-te, para além de te oferecer muita informação factual sobre os tempos bíblicos e de te familiarizar com grandes lendas bíblicas. O diário de Jesus não é verdadeiro, mas sem dúvida que te fará pensar como é que o rapaz da Nazaré era realmente."

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Bom-Tom - dicionário de boas maneiras



Autor: Lina Sotis
Ano: 1985

Editora: Edições 70
Número de páginas: 136

Classificação: 2/5

Lido entre 15/08/2011 e 16/08/2011 (2 dias)


Opinião:
Gosto muito de livros de boas maneiras e este até foi bastante interessante, não fosse o facto de estar completamente desactualizado... Só uma nota: não percebo o porquê de se insistir tanto na questão dos amantes. Será que é assim tão comum querer saber o que fazer e como se comportar relativamente a esta questão?


quarta-feira, 24 de agosto de 2011

O rio e o seu segredo



Autor: Zhu Xiao-Mei
Ano: 2007

Editora: Guerra e Paz
Número de páginas: 310

Classificação: 3/5

Lido entre 10/08/2011 e 14/08/2011 (5 dias)


Opinião:

Mais um livro emprestado. Inicialmente detestei-o. Baseado numa história real, as descrições dos anos passados no exílio devido à Revolução Cultural, na China, eram o suficiente para ter pesadelos de noite. Mas a história foi melhorando e mostrando esperança numa vida melhor para a escritora e personagem principal do livro. O livro fala tão mal, mas tão mal dos comunistas, que, mesmo que eu fosse comunista, deixava de o ser. Zhu Xiao-Mei tem também CDs editados. 


Sinopse:

"Com toda a sua vida dedicada à música, Zhu Xiao-Mei é conhecida no mundo inteiro como uma pianista virtuosa. Nitidamente auto-biográfico, “O Rio e o Seu Segredo” mostra como a música nasceu com a autora e como a veio a salvar da opressão. Forçada a enfrentar e a aderir à revolução maoista, foi enviada para um campo de reeducação, de modo a que desaparecesse de si todo e qualquer gosto e desejo pela música, restando apenas a adoração a Mao. Mas mesmo aí, a força da música viria a imperar através de um velho acordeão, que lhe devolveu algumas notas milagrosas, amenizando os dez anos de luta e exílio que se seguiriam. O leitor tem agora o privilégio de acompanhar a história desta mulher excepcional, de entrar na sua vida de avanços e recuos, de lutas e, acima de tudo, vitórias. Para além disso, poderá também contactar com alguns dos preceitos da revolução cultural chinesa, pelos olhos de Zhu Xiao-Mei, construindo a sua própria visão dos acontecimentos." 


A música que segue em baixo é uma das interpretações da autora.

terça-feira, 23 de agosto de 2011

A missa e os jovens




Autor: Gerhard Debbrecht
Ano: 2000

Editora: Paulus Editora
Número de páginas: 140


Classificação: 4/5
Lido entre 08/08/2011 e 09/08/2011 (2 dias)


Opinião e sinopse:
Este foi um livro que me recomendaram.
"Em jeito de cartas escritas a um jovem que põe as suas questões de fé, o autor responde de uma forma simples, dando confiança ao seu interlocutor." É interessante ler as cartas do rapaz porque tem questões bastante pertinentes e que poderiam ser colocadas por qualquer adolescente, jovem ou adulto. Por outro lado, as cartas são respondidas por um "tio" do rapaz, cujas respostas são bastante bem conseguidas.
Nota importante para o final do livro em que apresenta ideias interessantes a realizar em missas.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Hex Hall



Autor: Rachel Hawkins
Ano: 2010
Editora: Gailivro
Número de páginas: 228

Classificação: 3/5
Lido entre 03/08/2011 e 05/08/2011 (3 dias)


Opinião:
Este livro pertence ao género "fantasia", que não é propriamente o meu género de livros preferido. Achei-o um bocado "teenager" e não me cativa muito livros com bruxas, vampiros, fadas e mutantes. Mas, apesar disso tudo, achei-o relativamente agradável de ler.


Sinopse:
"Um bilhete só de ida para um colégio interno perdido nos pântanos do Louisiana era talvez a última coisa que Sophie Mercer esperava receber pelos seus dezasseis anos. Mas Sophie não é uma adolescente igual às outras. Sophie é uma feiticeira e, tal como os outros prodigium, feiticeiros, fadas, lobisomens e vampiros, Sophie não pode frequentar uma escola normal. O que Sophie esperava ainda menos era ser companheira de quarto de Jenna, a única vampira da escola, e ver-se enredada numa trama para descobrir quem anda a assassinar os alunos da escola ao mesmo tempo que tem que lidar com os seus novos poderes, a descoberta da importância do seu Pai na hierarquia dos feiticeiros e a sua paixão pelo namorado da sua mais recente inimiga."

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Shakespeare in Love



Nome em português: A paixão de Shakespeare
Ano: 1998
Género: Comédia, Drama, Romance
Realização:
John Madden
Argumento: Marc Norman, Tom Stoppard
Elenco: Gwyneth Paltrow (como Viola De Lesseps), Joseph Fiennes (como Will Shakespeare), Geoffrey Rush (como Philip Henslowe)


Opinião e sinopse:

Miinha classificação: 8/10. Visto em 06.08.2011, emprestado pelo Sam.
Gostei muito deste filme! :)
"Na Londres de finais do século XVI, o irreverente dramaturgo William Shakespeare procura inspiração para quebrar o bloqueio na escrita da sua nova peça “Romeu e Ethel, a Filha do Pirata”. Uma das sua maiores fãs é Viola de Lesseps, uma bela jovem aristocrata que sonha em tornar-se actriz. Como as mulheres não estão autorizadas a actuar em palco, Viola decide vestir-se de homem e assumir a identidade de Master Thomas Kent durante as audições. Mas Shakespeare descobre a sua verdadeira identidade e declara-lhe o seu amor. O romance secreto torna-se agora a inspiração para a peça, entretanto chamada “Romeu e Julieta”. Contudo, há dois segredos que Shakespeare terá de desvendar em relação ao seu novo amor..."


Trailer:

terça-feira, 9 de agosto de 2011

O estranho desaparecimento de Esme Lennox



Autor: Maggie O´Farrell
Ano: 2011

Editora: Presença
Número de páginas: 178

Classificação 5/5
Lido entre 30/07/2011 e 02/08/2011 (4 dias)


Opinião:
Gostei muito deste livro. A minha opinião sobre ele:
- achei um bocado "alternativo",
- não tem capítulos, o que faz com que a pessoa acabe por ler mais tempo seguido, já que não há paragens,
- há vários narradores, cada um no seu momento, e não há indicação de quem é o narrador no momento. No entanto, isto não tornou o livro mais confuso e percebe-se bem,
- cativou-me imenso e estava sempre com vontade de ler mais um bocado.


Sinopse:
"Este romance conta a história de Esme Lennox, uma mulher que, nos anos de 1930, chega da Índia onde nascera, com os pais e a irmã mais velha Kitty. Sessenta anos mais tarde, Iris Lockart é surpreendida por um telefonema a anunciar-lhe que a sua tia-avó terá de deixar o hospital onde viveu durante três décadas, e o nome que consta no seu processo, como responsável por ela, é justamente o seu. Iris sempre acreditou que Kitty, a sua avó, era filha única. E esse é um facto misterioso e inexplicável. Um romance intenso e complexo, escrito com extrema delicadeza, que combina diferentes vozes narrativas num magnífico thriller psicológico."

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Just Go with It



Nome em português: Engana-me que eu gosto
Ano: 2011
Género: Comédia, Romance
Realização:
Dennis Dugan
Argumento: Allan Loeb, Timothy Dowling
Elenco: Adam Sandler (como Danny Maccabee), Jennifer Aniston (como Katherine, Brooklyn Decker (como Palmer)


Opinião:

Minha classificação: 5/10. Visto em 26.07.2011 no Drive-in do MarShopping.
Fiquei com algumas dúvidas em relação à minha opinião sobre este filme porque apesar de gostar de comédias românticas, achei este filme um bocado ridículo de mais.


Sinopse:

"Danny é um cirurgião plástico bastante mulherengo, mas que a dada altura se apaixona por uma rapariga mais nova do que ele. No entanto, disse-lhe que era casado mas que se estava a divorciar, e Palmer insiste em conhecer a futura ex-mulher de Danny. Para se safar desta mentira, ele tem de pedir à sua assistente, Katherine, que faça de conta que é a sua mulher. Mas, inesperadamente, vão surgindo vários acontecimentos e as mentiras continuam a aumentar, ao ponto em que os filhos de Katherine são envolvidos. É então que toda a gente parte para o Hawaii, para um fim-de-semana que lhes irá mudar a vida."


Trailer:

domingo, 7 de agosto de 2011

O riso de Deus




Autor: António Alçada Baptista
Ano: 2009
Editora: Presença
Número de páginas: 206


Classificação: 2/5
Lido entre 15/07/2011 e 30/07/2011 (16 dias)


Opinião:

Não gostei muito deste livro. Ia com algumas expectativas, mas achei-o um pouco confuso. O que mais se aproveitou foram algumas frases que serviram de excelentes pensamentos do dia.


Sinopse:

"Ao acompanhar a vida de Francisco, o personagem central deste romance, ao longo das suas escolhas, da sua procura, ao acompanhá-lo ao longo das suas deambulações pelo mundo, pela história, ao sabor dos acasos e encontros e, muito especialmente, da intimidade de algumas mulheres cúmplices da mesma procura, o autor instaura uma forma de questionamento radical. Radicalidade que decorre do facto, inédito na sua escrita, de ser toda uma vida que é posta em balanço, tendo por contraponto esse limite que é a morte. Deus? Possivelmente. Mas um deus que ri, joga, um deus apaixonado pela pura alegria de existir."

sábado, 6 de agosto de 2011

No Strings Attached



Nome em português: Sexo sem compromisso
Ano: 2011
Género: Comédia, Romance
Realização:
Ivan Reitman
Argumento: Elizabeth Meriwether, Michael Samonek
Elenco: Natalie Portman (como Emma), Ashton Kutcher (como Adam), Kevin Kline (como Alvin)


Opinião:

Minha classificação: 6/10. Visto no dia 21.07.2011.
Vimos este filme no Drive in do MarShopping. Lembro-me que gostei, mas achei o filme muito limitado durante mais de metade do tempo: baseava-se apenas em mostrar que as personagens tinham sexo sem compromisso. Depois, lá mais para o final, é que ganhou mais algum tipo de "conteúdo" e mostrou duas coisas: que quando gostamos de alguém devemos lutar pelo seu amor, mas também que não adianta forçar alguém a gostar de nós porque ou a pessoa gosta ou não gosta.


Sinopse:
"Nesta comédia romântica Emma e Adam são dois amigos de infância que quase arruínam a amizade depois de uma manhã de sexo... Para protegerem os laços de amizade que os unem resolvem fazer um pacto, com o objectivo de manter a relação estritamente na base de "sexo sem compromisso". Isso implica: nada de ciúmes, expectativas, discussões, flores ou falinhas mansas. Além disso podem fazer o que lhes apetecer, quando lhes apetecer, onde quer que estejam, desde que não se apaixonem um pelo outro. É então que começam as dúvidas... Será que consegues ter sexo sem amor pelo caminho? Conseguirá a amizade sobreviver?"


Trailer: