quarta-feira, 24 de abril de 2013

Um verão inesquecível

Autor: Mary Balogh
Ano: 2012
Editora: ASA
Número de páginas: 368

Classificação: 5/5
Lido de: 10/03/2013 a 09/04/2013 (31 dias)


Opinião:
Este livro foi-me dado pela Angélica. É um daqueles livros bastante cobiçados por imensa gente e, por isso, fiquei bastante contente quando tive oportunidade de o ler. Inicialmente não achei grande piada ao livro e é por isso que demorei 1 mês para o ler. A história estava muito parada e não me motivava para pegar no livro. Passei quase 3 semanas sem ler praticamente nada. Depois a história começou a ficar muito interessante e li praticamente o livro todo em 3 ou 4 dias. E gostei mesmo muito da leitura, daí a classificação de 5 estrelas.
Apesar de achar, até determinada altura, que tinha a certeza como tudo ia acabar, não deixou de me surpreender.
Este era um daqueles livros que acho que daria um excelente filme!
Só mais um pormenor: ainda bem que só li a sinopse do livro depois de o acabar, porque acho que revela demasiado sobre a história.


Sinopse:
"Kit Butler é um dos mais afamados solteirões de Londres, casar é a última coisa que lhe passa pela cabeça. Mas a sua família tem outros planos. Para contrariar o casamento que o pai lhe arranjou, Kit precisa de encontrar uma noiva... e depressa. Entra em cena Miss Lauren Edgeworth. Lauren foi abandonada em pleno altar pelo seu noivo, Neville Wyatt. Destroçada, decide que não voltará a passar pelo mesmo: nunca casará. O encontro entre estas duas forças da natureza é tão intenso como uma tempestade de verão... e ambos engendram um plano secreto. Lauren concorda alinhar na farsa em troca de um verão recheado de paixão e aventura. No final, ela romperá o noivado - o que afastará possíveis pretendentes - deixando-os a ambos livres. Tudo corre na perfeição, até que Kit faz o impensável: apaixona-se por Lauren. E um verão já não é suficiente para ele. Mas o tempo não para e Kit sabe que terá de apelar a mais do que as suas vulgares armas de sedução para conseguir convencer Lauren a entregar-lhe o seu coração... na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, para o resto das suas vidas."

sexta-feira, 12 de abril de 2013

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Calvin & Hobbes

 

Publicado por: Angélica

Autor: Bill Watterson
Ano: 1992
Editora: Gradiva
Número de páginas: 127
Classificação: 5/5

Outro dia, levei este livro para o meu irmão o reler quando o fui visitar ao hospital. Mas como ele não podia rir-se por causa dos pontos (ignorância minha!), acabei por o reler eu entre as viagens de metro e a aula de natação dos miúdos. Adoro banda desenhada, e gosto especialmente do sentido de humor e da inteligência que percorrem estas páginas.
Calvin é o miúdo irrequieto, imaginativo, capaz de tirar do sério o mais paciente dos seres. É cativante. Hobbes, o seu melhor amigo de todas as horas (amigo da onça também), o "bom" conselheiro, às vezes companheiro, outras um simples boneco de peluche. E depois... há os pais, a professora e até a babysitter, todos exasperados com o comportamento de tão alucinante rapaz. A ler.

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Sob o céu de Paris




Autores: Jorge Campião, Elisabete Caldeira
Ano: 2012
Editora: Alfarroba
Número de páginas: 336

Classificação: 2/5
Lido de 04/03/2013 a 09/04/2013 (37 dias)


Opinião:
Sinceramente não gostei muito deste livro. Pela sinopse parecia mais interessante e, por isso, pedi o livro emprestado para ler. Mas, apesar de não ter gostado muito, fiquei contente por não ter desistido a meio porque fui começando a gostar um bocadinho a partir do meio do livro. E assim a leitura custou menos. Daí ter dado 2 estrelas e não 1. Mas eu sou muito "limitada" em termos de gostos dos livros. Já há algum tempo que não dou 5 estrelas a um livro. Por isso, a minha opinião não "conta" muito. Uma coisa que gostei no livro foi por terem explorado bastante a vida e obra de Picasso e eu ter aprendido sobre ele.


Sinopse:
"Raquel é uma mulher que nunca tomou o destino da sua vida nas próprias mãos e tem consciência disso. Carlos é um pintor cujo reconhecimento artístico poderia ser maior se alguma vez tivesse sido metódico, mas não o sabe. Raquel vai organizar a exposição de pintura de Carlos em Paris, no Centro Georges Pompidou. Mas não vai apenas ordenar a exposição de Carlos, vai estruturar a sua obra, o seu talento, ao mesmo tempo que terá de recompor a sua própria vida pessoal. Pelos cafés, restaurantes e ruas de Paris por onde passa, Raquel ressuscitará um Picasso - cuja crueldade corporiza bem os seus medos -, e uma Dora Maar - a talentosa, enigmática e inspiradora amante do genial artista -, que lhe serve de alter-ego, mas cujo destino não quer imitar."

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Safe Haven


Nome em português: Um refúgio para a vida
Ano: 2013
Género: Drama, Mistério, Romance
Realizador: 
Argumento: Nicholas Sparks
Elenco:  (como Katie) (como Alex) (como Jo)


Opinião:
Minha classificação: 7/10. Visto em 01.04.2013.
Este filme estava na lista dos filmes que queria ver, por ser baseado numa obra de Nicholas Sparks. Preferia ver o filme depois de ler o livro, mas como não pôde ser, paciência. Já não vou ler o livro com aquela ansiedade com que leio sempre os livros dos autores que gosto, porque já vi o filme, mas não faz mal. 
O filme é mesmo do género dos anteriores filmes que vi baseados nos livros do Nicholas Sparks. E, tal como em todos os livros dele, não acertei no final. :)


Sinopse:
"Katie é uma mulher recém-chegada a Southport, cidade na Carolina do Norte, trazendo consigo um passado obscuro. Logo começa uma relação com um viúvo, que tem dois filhos. A sua vida parece perfeita, até que seus segredos começam a ser revelados. Ela vai reconhecer que o amor é a única coisa que poderá salvá-la."


Trailer: