quarta-feira, 10 de junho de 2009

Veronika decide morrer



Autor: Paulo Coelho
Ano: 1998


Lido entre 22/02/2009 e 17/03/2009 (24 dias)
Classificação: 3/5


Opinião:

Este foi o último livro que li de Paulo Coelho. Já li vários e só gostei do primeiro que li, de modo que decidi que nunca mais vou ler nada dele. Os livros são todos iguais e eu não acho grande piada.


Sinopse:
"O livro conta a história de Veronika, uma jovem eslovena, que não aceita a ideia de viver uma vida sem sentido, decidindo matar-se com uma overdose de calmantes. O suicídio fracassa. Veronika é internada num asilo para loucos. Atendida pelo médico, é informada que não terá mais que sete dias de vida, e provavelmente, morrerá internada. A notícia, na verdade, revela-se um engodo do médico, que faz de Verônica uma cobaia para uma tese sua: de que o temor da morte a fará encarar a vida de outra forma, e que a sua insanidade seja curada. O transcorrer da narrativa, com a vida da protagonista misturando-se com outras personagens, fazem com que a tese do médico se mostre eficaz, uma vez que Veronika recupera o seu amor à vida, e foge da instituição com outro paciente. Paulo Coelho inspira-se na sua própria experiência de vida, vivida aos 17 anos, idade em que também esteve internado numa clínica. Mas não com a intenção de fazer uma auto biografia."

Sem comentários:

Enviar um comentário